Construimos Tecnologia de Impacto

Tecnologia no combate à violência contra as mulheres

O Mete a Colher é uma startup que utiliza a tecnologia como aliada para combater a violência contra as mulheres. 

A ideia nasceu em março de 2016, em Recife, durante uma edição do Startup Weekend, workshop de empreendedorismo digital. Tudo começou com a criação de uma página no Facebook, onde o Mete a Colher se disponibilizou a escutar relatos de vítimas de abuso.  As mensagens das seguidoras nos mostraram a importância em discutir o assunto e a necessidade de dar apoio àquelas que precisam.

Apesar do curto tempo de vida, o Mete a Colher já desenvolveu dois produtos: o App Mete a Colher e a Tina.

App Mete a Colher

O aplicativo Mete a Colher foi lançado em julho de 2017 e já conectou aproximadamente 14 mil usuárias e já ajudou cerca de 4 mil mulheres até hoje. Atualmente, por conta de instabilidades na aplicação, o App Mete a Colher está indisponível para download.

Tina ajuda me

Em 2019 o Mete a Colher lançou um novo produto no mercado, voltado para o mundo corporativo chamado Tina. A plataforma atua como um canal de acolhimento e tem o objetivo de atender, orientar e acompanhar funcionárias de empresas que sofrem qualquer tipo de violência: doméstica, sexual e moral no ambiente de trabalho.

Mete a Colher no Telegram

Contudo, buscando manter o propósito de fortalecer uma rede de apoio entre mulheres, o Mete a Colher conta com um grupo do Telegram que tem o objetivo de reunir mulheres que precisam de ajuda para sair de uma situação de violência, com outras mulheres que desejam ajudar de forma voluntária. Por lá as mulheres podem relatar suas histórias, contar o que as afligem e recebem apoio de voluntárias especializadas 24h por dia.

Com a missão de desmistificar a violência doméstica e a responsabilidade da sociedade nessa questão, o time subverte o velho ditado:

em briga de marido e mulher, a gente mete a colher!

Nascemos no Startup Weekend Women

Participamos do YLAI - Programa de Bolsas de Estudos Profissionais da Iniciativa Jovens Líderes das Américas, patrocinado pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos

Pandemia do Covid-19 e a expansão da Tina nos clientes Carrefour, Natura e Bayer | Participação no programa de aceleração F-lane (Yunus Social Business + Institute Vodafone)

Fomos selecionadas para a Incubação no Porto Digital | Lançamos o App Mete a Colher | Ganhamos o prêmio de Melhor Startup de Impacto Social pela ABS

Lançamos a plataforma de acolhimento a mulheres em situação de violência Tina voltada para o ambiente corporativo |  Participação no programa de aceleração Accelerate 2030 (PNUD + Impact Hub)

Participação no programa de aceleração BID ao Cubo N/NE

Juntas somos mais fortes

Fique por dentro do time que faz um impacto incrível na vida das mulheres.

Renata Albertim

Diretora e fundadora do Mete a Colher, Renata é jornalista e tem mestrado em Consumo, Cotidiano e Desenvolvimento Social, pela UFRPE. Morando atualmente na Califórnia, e mesmo distante, ela não deixa de estar conectada com o Brasil. É com ela que contamos para divulgar o Mete a Colher no cliente, em palestras e na imprensa.

Fernanda Macedo

Assistente Social graduada pela UFPE e Advogada pela Universidade Católica de Pernambuco, Fernanda é expert em fazer articulação entre profissionais e equipamentos das políticas de enfrentamento a violência contra a mulher. Ela é a responsável por referenciar os casos de violência que atendemos em todo o Brasil. Nas horas vagas, Nanda está viajando ou comendo caranguejo!

Juliana Keila

Graduada e mestre em Psicologia, Juliana achou pouco e começou um doutorado na área pela UFPE. Na trajetória acadêmica Ju estuda o acesso de mulheres aos serviços e políticas públicas de enfrentamento a violência, considerando as intersecções de gênero, raça, classe e território. Ela e Bia ficam responsáveis pelos atendimentos na Tina. Para além dos livros, ela adora uma praia e uma piscininha!

Beatriz Viana

Psicóloga pela UFBA e com residência Multiprofissional em Saúde Mental pela UFPE. Ela é a parceira de Ju nos atendimentos da Tina. Com uma sensibilidade incrível para lidar com mulheres em situação de vítima de violência, Bia também desenvolve trabalho de arteterapia buscando convidar mulheres a construir as imagens de si. Ela tem as fotos mais bonitas no feed do Instagram.

Stella Paes

Designer gráfica pela UFPE e ilustradora, Stella ainda arrumou um tempinho para se especializar em UX Design para artefatos digitais no Cesar School. Tudo de lindo que você vê nas redes sociais do Mete a Colher tem o dedo de Stella. Para além disso, a garota entende todas as fases da lua e como isso conecta com nossa feminilidade.

Na mídia

O Mete a Colher tem sua iniciativa reconhecida pela mídia nacional e internacional

Encontro com Fatima Bernardes

Ecoa UOL

Forbes Brazil

Yunus Brasil